Governança em Empresas Familiares

Enxergar longe e se preparar para o futuro é um dos maiores desafios das empresas familiares, pois desenvolver e perpetuar o negócio são tarefas que demandam de preparo e a aplicação de métodos que facilitem a gestão e sejam capazes de gerar valor para os acionistas, a partir do alinhamento de interesse entre os mesmos, da análise das estratégias do negócio e da gestão de possíveis conflitos entre os membros da família ou de interesses entre os demais acionistas, a partir de um conjunto eficiente de mecanismos e de monitoramento, buscando assegurar a profissionalização da gestão e que o comportamento dos executivos esteja mantenha-se alinhado ao interesse dos acionistas no processo de reposicionamento organizacional.

  • Acordos de acionistas e pacotes societários
  • Conselho de Administração
  • Conselho de Família
  • Conselho de sócios, consultivos e fiscais
  • Planejamento de sucessão familiar
  • Desenvolvimento de sucedidos, herdeiros e sucessores
  • Planejamento e orientação de carreira
  • Núcleos de apoio para operações familiares

  Governança Corporativa_2